Questão de pele... (minhas tatoos)

07 janeiro, 2011

Calendário...


Bendito quem inventou o belo truque do calendário, pois o bom da segunda-feira, do dia 1º do mês e de cada ano novo é que nos dão a impressão de que a vida não continua, mas apenas recomeça..."

Mário Quintana

Há tempos meus textos vem sido marcados pelo recomeço.
Recomeçar não e tao simples qto parece. Nao e como efetuar uma conta, e ao perceber algo errado, apagar tudo e iniciar novamente.
Hoje entendo que pra recomeçar, ha o envolvimento necessario de algumas coisas.
A vontade, a disposição, a coragem, a paciencia...
Enfim, ao ler essa frase de Quintana, me lembrei da conversa que tive com um amigo (Dr. Carlos Demetrio. Definitivamente ele não existe!Um acaso bem feliz que tive o prazer de vivenciar.
Em meio a uma discussao politica o encontrei! Sorte a minha né? rs
Um garoto lindo, inteligente, politizado, embrulhado em terno e gravata, que ainda conta piadas? Que maravilha!
Criador do termo(que adorei) "mulher utopica", companheiro de luta, divertido, que é um balsamo pra auto estima de uma esclerosada como eu, e não poderia me esquecer... mesmo sendo treze traz subjetivamente consigo o 45, mas isso não vem ao caso, né amigo? ).
No dia 01 de janeiro, entre a cerimonia de posse da nossa mais nova presidenta e as filosofias de botequim que surgem qdo estou inspirada pra jogar conversa fora, falavamos sobre a ideia ilusoria que o tempo executa sobre nós, seres humanos.
Não quero ser pessimista, antes , creio ser imprescindivel essa doce ilusão de que o tempo esta em nossas mãos.
A verdade, e que há alguns meses meus textos veem sendo marcados por situaçoes de recomeço.
Contudo, hoje entendo, que as coisas sao um processo ( e de processo esse meu caro amigo entende), o recomeço acontece aos poucos, e que na verdade a continuidade é que nos faz ter essa ideia ilusoria de que um novo tempo esta sendo iniciado.
Ora fechada pra recomeços, hoje me vejo batendo a porta dele como alguem sedenta de algo que esta pra mim do lado de lá.
Bato a porta,espero, espero, tento ouvir, suspiros, passos, algum barulhinho que me de esperanças de que a qqer momento a porta sera aberta, ou melhor escancarada!
Confesso que as vezes, tenho vontade de retroceder. E essa vontade vem nao pela falta de desejo de recomeçar, mas pelo receio de ser sempre atendida no portao.
Quero ser bem vinda, quero ter intimidade, quero suspiros, quero declaraçoes desprovidas de medos, desconfianças e "ses"...
Eu não queria....
Mas comecei a querer....
Eu entendia....
E comecei a não entender...
Eu me satisfazia....
Mas não me satisfaço mais...
O tempo passou depressa, hj sinto que ele se arrasta...
Tenho pressa,gana dele...Um dia de cada vez, um milagre por dia...
Quero coisas inteiras, corpo, alma, espirito,presença, visceras, tripas, caimbras etc.rs
Há de se fazer o que? Quero assim... recomeços... ainda que ilusorios. Mas QUERO!!!

4 comentários:

alvaro disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
alvaro disse...

Bem, embora eu não seja muito bom com palavras, gostaria de registrar que, Dr. Demétrio é um grande amigo e uma excelente companhia para qualquer ocasião, e conta piadas mal como ninguém rsrs, mas, sei que ele tenta ser divertido e as vezes até consegue, é também um grande irmão, mas, o texto não fala apenas de companhia e trás em debate um tema muito discutido pelos pensadores comteporaneos e passados, pois estamos longe de saber ao certo o que é e como é o tempo, vivemos uma ilusão de planejar o futuro e lembrar do passado, mas o que realmente existe é o presente. Um grande abraço a todos.

Magno(Viva o grande deus Abraxas) disse...

Primeiro parabéns pelo ótimo bom gosto com que é feito este blog,textos muito bem redigidos e pra usar uma expressão da própria autora do blog muito bom, pra quem como ela tmbem é "esclerosado".Sobre este texto,que é um misto de confissões e ponderações,eu concordo com a ideia de que o tempo é uma ilusão criada pelo homem , para se ter uma idéia disso, enquanto metade do planeta recebia o ano de 2011 com fogos e festas,outros povos seguiam com suas atividades corriqueiras, sem se preocuparem com esta data,como por exemplo os judeus e os chineses.O tempo,no tempo-espaço é um processo inato da propria vida que a todo momento esta em seu proprio fluxo de querer expandir-se,modelando tudo que toca a seu gosto e a seu peculiar modo.De um jeito simples é possivel afirmar que o tempo é um "instrumento" do próprio ritmo pulsante da vida e essa ilusão de crer que temos o tempo em nosso controle é a maior "esquizofrenia" da sociedade "pós moderna".Quanto ao Dr Demetrio,é dificil falar bem de advogado rsrsrs,mas como agente acaba precisando deles...

disse...

Relendo postagens tão antigas, percebo que além de ilusório o tempo nos traz grandes surpresas. Surpresas agradaveis e outras nem tanto. Sendo assim, o que chamamos de "hoje", qdo bem vivido, fazen-nos sermos agradecidos ao 'ontem" por nos proporcionar caminhos e encontros ate entao inimagináveis. E quem sabe duradouros por muitos e muitos "amanhãs"...