Questão de pele... (minhas tatoos)

21 abril, 2012

Um brinde à Cultura e à Educação

Participei nesse final de semana do Salão Internacional do Livro, de Suzano,  que deu inicio no dia 13 deste mês e acontecerá até amanha, dia 22 de abril, no Parque Municipal Max Feffer.
De acordo com os dias que estive presente, posso garantir que o  evento  foi simplesmente fantástico.
Como amante da leitura que sou, não poderia deixar de citar nesse meu espaço o “maior evento literário do Alto Tietê”.
Além de contar com cerca de  aproximadamente 30 mil títulos, que puderam ser conferidos durante as 100 horas de programação, os espaços de cultura, alimentação e valorização de obras regionais, tambem estavam dignos de uma grande bienal.
Respeitando a diversidade dos visitantes, a programação contou com espaços voltados a adultos, jovens e crianças, como o Trajetórias Literárias, Encantos Pedagógicos, Espaço Criança, Visitação Escolar, Praça de Leitura, além de outras atrações.
Fiquei encantada com um estande denominado Ciranda Lilás,  onde haviam literaturas diferenciadas sobre questoes de lutas as quais abraço como fim do racismo, cotas para negros, valorização da cultura afro em seus mais diversos seguimentos, alem de reflexões e materiais sobre homofobia, e violencia contra a mulher. 
O olhar diante daquele acontecimento, fez-me refletir e ovacionar a figura do atual Prefeito Marcelo Candido e sua equipe de gestao, que há dois mandatos venho acompanhando seu empenho e investimento nas áreas da educação e da cultura.
Precisamos de pessoas comprometidas em investir e priorizar questoes que sejam  de fato relevantes à população.
Precisamos de um governo que governe para todos, que ofereça condiçoes e acesso a toda população em adquirir e participar de eventos como esse.
Estamos rumo a mais uma eleição municipal, que possamos olhar com clareza  e decidirmos por uma proposta politica que abranja a população de modo geral, que seja democratica, inves de midiatica.
Sou mogiana e parabenizo os suzanenses pela escolha de um representante que governa para todos.
Quem nao foi, ainda dá tempo....
Bjs








Entrada do Evento;




 Materiais Ciranda Lilás ( Homofobia, Igualdade Racial, Valorização Cultural e Violência contra a Mulher);







Presentinhos de tia ( Davi, Leonardo e João Pedro)












Cinco livrinhos novos pro acervo;

4 comentários:

William de Oliveira Galdino disse...

"O pior analfabeto é aquele que sabe ler e não lê" - Mário Quintana
O 1º Salão Internacional do Livro de Suzano é fruto do trabalho de um Governo Popular que, rompendo um ciclo de coronelismo político no Poder de uma cidade, legitima o acesso ao livro e à cultura letrada como um direito de todos. Isto significa "quantidade qualificada" - um dos pressupostos da Democracia, na acepção de Gaudêncio Frigotto.

Marcello disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Marcelo disse...

Muito bem realizado o evento !

Pelo visto, qq dia vc precisará transformar um cômodo da casa em biblioteca !

disse...

Marcelo meu amigo, q saudades de vc! E que gostoso te-lo por aqui.
Qto a biblioteca, ja to providenciando um "puxadinho" rsrsr
bjs amigo