Questão de pele... (minhas tatoos)

06 agosto, 2010

Poesia na bunda!!!


Agora virou moda essa historia de tatuar poesias no corpo!
Eu, apaixonada por frases de ordem, poesias e escritas que nos façam refletir, disse recentemente que tatuaria a poesia "O tempo de travessia" de Fernando Pessoa nas minhas costas.
Enorme foi minha surpresa quando vi a foto de Cléo Pires peladona em comemoraçao ao aniversário da revista Playboy com esse poema grafado na poupança!!!
Que decepção!!!
Muitas pessoas tentaram me consolar:
-Pense bem Dá, ao menos foi Cléo Pires e não Carla Perez!!!
Meu Deus, seria um enorme erro de marketing (e de sensibilidade poética) tatuar um poema(de Fernando Pessoa) em Carla Perez.
Mas isso não vem ao caso!
Particularmente, fiquei chateada pela escolha do poema, pois depois que descobri a E.M. passei a me ver em muitos versos, e este, especialmente tem tudo a ver com essa nova fase que estou viviendo.
Pra quem não conhece, aqui estão os lindos versos de Pessoa, que de maneira ímpar e pessoal passou a ilustrar a bunda de uma atriz global!!!
(Ah! Vale lembrar que a moçoila escreveu as belas palavras em hena, e que logo logo elas nao estarão mais lá embaixo!!!)

O Tempo de Travessia
Fernando Pessoa

"Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas,
que já tem a forma do nosso corpo,
e esquecer os nossos caminhos,
que nos levam sempre aos mesmos lugares.
É o tempo da travessia:
e, se não ousarmos fazê-la,
teremos ficado,
para sempre,
à margem de nós mesmos."

10 comentários:

Tuka Siqueira disse...

É o consolo é que é a bunda da Cléo Pires e não da Carla Perez, mas isso não consola muito não. O poema é lindo e tem tudo a ver com essa nossa vida com EM, sempre em mutação.

helcio rodrigues disse...

O poema é massa... muito bonito.
sorte de quem vai lê-lo na perna de Cléo, na bunda de Carla ou nas costas de Dá !!!
Salve! salve! Fernando Pessoa !!!!

Tati disse...

linda a poesia, não te stressa se quer tatuar, não deves se preocupar com o fato dela ter feito isso... o que vale é o teu sentimento!
o Felipe veio com idéia de fazer uma tatuagem tb, no braço, ele quer tatuar a mielina, e junto a frase que ele mais diz nos ultimos tempos: "Desistir nunca! Render-se jamais..."
o que acha?
bjs Tati

disse...

Mto bacana Tati... fala p Felipe ir firme nesse lance de fazer a tatoo. sou hiper adepta, e as tatoos q eu tenho foram de tempos marcantes na minha vida!
Tdo a ver o q ele quer tatuar... vai em frente!

Zaki disse...

Olá.. gostaria de saber se a Cléo Pires, por ser uma "global", deixa de ser humana, de ter desejos, pensamentos.. Penso que não devemos julgar ela por isso, mesmo porque foi mais um complemento a arte.. Quanto ao local escolhido, seria algo como preferir "o palavrão ao Glória Hipócrita". Não pode negar que ela tem uma bela bunda, melhor que o coração de muitas mulheres.. No mais, gostei muito de seu blog.. é um que vale a pena ser lido...

disse...

rsrsrs Zaki, Zaki....valeu por passar por aqui...
E cá entre nós, um segredinho:seu blogg tb merece ser lido! rs

Rosangela Aliberti disse...

Olá pessoas

Parece-me que há por aí mais um pequeno engano, com relação a autoria... verifiquem Poesia Completa - Fernando Pessoa, Nova Aguilar este poema não consta por lá, não poderá ser encontrado por lá pois "TEMPO DE TRAVESSIA" é de um professor de Literatura falecido em 2008 cujo nome é: Fernando Teixeira de Andrade, vide wikiquote (Fernando Pessoa) em Falsas Atribuições - uma dica da comunidade: Afinal, quem é o autor? (orkut). Aquele "abrax",
Rosangela

disse...

Rosangela menina, onde vc viu q nao era dele esse poema??? Em tudo q pesquisei, encontrei como de autoria de Pessoa. Me ajuda! abraços

Andresa disse...

Achei muito bonita a poesia e achei que ficou bem legal a tatuagem da cleo, mas pq será que ela escolheu essa região do corpo..kkk
Mas te dou um consolo melhor que o da bunda da Carla perez é de henna nesse momento nem se encontra mais na bunda cleo pires.
Me lembro que comentei muito quando foi lançada a revista " a cleo pires escreveu um jornal na bunda!"...kkk

► JOTA ENE ◄ disse...

ººº
Poesia na bunda (rabo) é tudo de bom !